quinta-feira, 10 de junho de 2010

Por que tudo o que eu gosto é ilegal, é imoral ou engorda?


A letra dessa música, interpretada por Roberto Carlos, não me saia da cabeça enquanto eu fechava uma matéria para colocar no site da Ufal, sobre um projeto desenvolvido pelas nutricionistas da Ufal para orientar as pessoas a eliminarem o consumo de gordura trans.

"Pescando” no Google fotos para ilustrar a matéria, é que eu fui ficando mais preocupada. Tudo gostoso. Tudo de encher os olhos. Eu, que sou viciada em biscoitos recheados, adoro batatas fritas de saquinho e não resisto a um sorvete, comecei a pensar: “ihhh, eu estou entupida de gordura trans!”.

A sorte é que pratico atividades físicas com frequência e também tento equilibrar a alimentação com frutas, verduras, legumes e o bom arroz integral. Mas, lendo informações sobre o assunto, diante do fato de que não se deve consumir mais do 1% de gordura trans por dia, e me deparando com afirmações mais radicais, do tipo: “a gordura trans não deveria ser consumida nunca!”, sei não, acho que estou muito longe de uma alimentação saudável.

Mais difícil ainda pensar nos filhos que já crescem, como eu cresci, enchendo os olhos com os pacotinhos coloridos das estantes dos supermercados. Bom, mas nestas horas, não tem como fugir à reflexão. Temos, pelo menos, que tentar equilibrar as coisas. Vamos às frutas e legumes, gente!!!

Veja mais detalhes na matéria publicada no site da Ufal

Foto do site Palavra de Médico

Nenhum comentário:

Postar um comentário