sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Os estudantes que entraram numa fria...

Brincadeira o título... os estudantes do mestrado em Meteorologia da Ufal causaram-me uma ótima impressão. A ciência não é só teoria, nem a solidão tranquila de um laboratório. Eles saíram deste calorão de Maceió e mergulharam numa sensação térmica de menos 30 graus! Eu nem consigo me imaginar por algumas horas neste congelador imenso, avalie passar dois meses nessa paisagem gelada, desconfortável e pouco familiar!

Para monitorar os equipamentos, eles foram a campo, tendo como abrigo apenas um carro com aquecedor ligado, onde podiam dar alguns cochilos, e quando saiam do veículo, tinha que ser com as pás nas mãos, limpando a neve, para não cobrir totalmente o carro. Leandro e Carlos, que nunca antes tinham visto neve, tiveram que caminhar por campos nevados até a altura do joelho!

Eles tiveram bons momentos e aprenderam muito. Mas é preciso coragem e desprendimento para fazer um intercâmbio assim, no inverno mais frios dos últimos 20 anos, nos EUA. E ainda passar um natal tradicional, junto à lareira, com um pinheiro natural exalando seu perfume na sala, pessoas rosadas trocando presentes, tudo como nos filmes... mas longe da família!

Gostei de conhecer essa história e de escrever sobre ela para o portal da Ufal

Veja a reportagem no porta da Ufal aqui 

Nenhum comentário:

Postar um comentário