sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Vá tomar no cu!

É isso mesmo... é esse palavrão chocante que eu quis dizer...

Sou uma jovem quarentona, mãe de um filho e que foi educada em casa e no colégio católico a não dizer palavras feias e não expressar raiva... é vulgar para uma mulher, é o que me explicaram... Já homem, no trânsito, no futebol e na mesa de bar, pode falar a merda que quiser...

Acontece que eu fico puta com falso moralismo!

Esse tipo de gente que aponta o dedo podre para apontar o menor deslize dos outros. E hoje tem mil recursos para essas figuras que não tem o que fazer. Claro, ao invés de fofocar na praça ou gastar horas ao telefone, é só postar no youtube...

A coisa se reproduz, ganha outras dimensões, até que uma simples brincadeira, com um tom sexual, se tranforma no escândalo do ano. Ahhh, vá a puta que te pariu, né!

Eu não vou me dar ao trabalho de explicar sobre o que estou falando, porque a associação vai ser fácil. Se não for ao caso específico a que me refiro, a bronca serve para qualquer um parecido. Conselho: vá cuidar da sua vida!

Além do mais, minha amiga, a vítima do constrangimento eletrônico só porque fez uma brincadeira com referências sexuais antes de iniciar o trabalho, é uma mulher linda, inteligente e talentosa e está bem acima dessa moralzinha medíocre...

Vou dizer uma coisa para vocês. Tem uma palavra muita mais feia e perigosa que todos esses palavrões que eu coloquei nesse post: INVEJA

Só para lembrar que mulheres "educadas" podem sair da linha de vez em quando rsrs Eliana cantando "Vá tomar no cu"

4 comentários:

  1. Incrivel como a capacidade das pessoas de denegrir uma pessoa atraves de uma besteira qualquer é imensa... Pensar em crescer como pessoas deve ser realmente dificil para estes energuminos que estão na face da terra somente servindo de escanteio.

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Lua. Seu texto refletiu exatamente o que eu penso sobre esse fato todo: preconceito, falso moralismo e inveja. e Reitero: Vão mesmo tomar no cu!

    Chris Duarte

    ResponderExcluir
  3. Lua, seu post foi mais do que pertinente! Eu fico revoltada com esse falso moralismo que nada mais é do inveja! Quem conhece a vítima dessa presepada toda, sabe o quanto ela é inteligente, dedicada e excelente profissional... mas ela tb é gente, e isso encanta mais ainda quem a conhece!
    Abaixo a vontade de "se dar bem" pisando nos outros e aprontando sacanagens!!

    ResponderExcluir
  4. Lua, mesmo a quilômetros de distância, tomei conhecimento deste episódio.
    A fofoca é mais veloz do que a ocupação com coisas úteis.
    Fazia tempo que eu não lia o seu espaço e acho bem plausível seu desabafo enquanto mulher que reconhece a liberdade de todas vocês a dizer o que quiserem, da maneira mais livre que puderem.
    Eu, como homem, reconheço e só posso aplaudi-las: foram tantos anos de luta, afinal!
    Sinceramente, não sei como ainda tem gente que não sabe que coisa boa se torna piada fácil e prazerosa, mas julgar pessoas por atitudes como essas é uma via contrária ao prazer que se tem de rir e brincar.
    Precisamos evoluir e muito no quesito de o que é coisa pra homem e o que é coisa pra mulher. Vai demorar um pouco, mas profissionais de sucesso como vocês, mulheres da TV, que tem visibilidade para, ao menos, mostrar a cara, e pós-expediente soltar o verbo, assinado e reconhecido, dizendo o que pensam e o que querem, como você fez neste texto.

    Parabéns!

    ResponderExcluir