quarta-feira, 12 de maio de 2010

Isso não acontece todo dia


Adoro quando a Pink Dink Doo, personagem do desenho de Jim Jinkins, pronuncia entusiasmada essa frase sempre que se depara com algo raro, extraordinário. "Isso não acontece todo dia"!!!

Meu dia ontem foi assim, surpreendente. Primeiro, uma matéria na qual eu não apostava muito, mas que rendeu um momento bem inesperado. Na verdade, eu não colocava a menor fé na bomba de Maragogi. Um artefato da 2ª guerra mundial, que estava enterrado há anos na área urbana do município e que nunca assustou ninguém.

Quando a tal bomba foi localizada durante escavações de uma obra de saneamento, algumas pessoas acreditaram que se tratava de uma botija com moedas antigas, e cairam de marteladas e picaretadas no artefato bélico...

Eu viajei para Maragogi pensando no sentido que teria filmar aquela bola enferrujada e acabada. Mas a "coisa" estava muito viva. A operação toda da polícia para deslocar a bomba para uma área menos habitada e detoná-la, rendeu boas imagens, mas nem mesmo nesse momento, eu acreditei que a bomba metia medo.

Gravei passagens perto da bomba, pedi para a equipe ultrapassar o comboio para pegar mais imagens, briguei com o policiamento para nos deixar ficar mais perto durante a instalação do detonador... Ainda bem que não me deixaram. Quando a bomba explodiu, levantando uma nuvem de estilhaços, areia e fumaça, que chegou perto de onde estávamos, a minha ficha caiu.

Senti medo retardado pelo perigo que havíamos passado e juro que nunca mais brinco com uma bomba sexagenária quando encontrar uma pela frente...

Nenhum comentário:

Postar um comentário