sábado, 8 de maio de 2010

Vassoura: uma tradução literária de uma tragédia que se abateu sobre a região cacaueira da Bahia

texto do editor de A Região
O jornalista Daniel Thame lança no próximo dia 18 de maio, em Itabuna, o livro “Vassoura”, uma série de contos e crônicas que tem como tema a vassoura-de-bruxa, doença que destroçou a economia da Região Cacaueira da Bahia, a partir de sua disseminação no início da década de 90 do século passado. Trata-se de uma obra de ficção, em que a abordagem foca as tragédias pessoais provocadas pela doença, cujo poder de destruição se mostrou letal, e em poucos anos reduziu em quase 90% a produção de cacau e reduziu fortunas a pó.

“A despeito do impacto negativo que provocou na vida de milhares de pessoas, enquanto literatura o tema é fascinante e foi isso que o procurei fazer”, afirma o jornalista, nascido em Olímpia (SP) e radicado em Itabuna desde 1987. Gerente de jornalismo da TV Cabrália e repórter/editor do jornal A Região durante 13 anos, Daniel Thame testemunhou o ocaso de uma região baseada na monocultura do cacau.

“Hoje, testemunho e participo do renascimento dessa mesma região, a partir de uma mudança de mentalidade, que parte de premissa de que já não existe espaço para individualismo e é preciso valorizar o espírito empreendedor e as ações coletivas”, afirma o autor. Ele ressalta ainda que “o a princípio remete a um livro pessimista, é na verdade uma peça de otimismo, que começa no apocalipse final e termina no gênesis do (re)início dos tempos”.

EMOÇÃO E DRAMATICIDADE

“Vassoura”, editado pela Via Litterarum, possui 23 textos em que o autor conta episódios focando dramas pontuais da transição de uma região que perdeu sua referência econômica, fazendo uma analogia com fatos, personagens e/ou cenários bíblicos. Na apresentação do livro, que substitui pelo termo “Recomendação” o jornalista Ramiro Aquino afirma que “Daniel Thame tem, seguramente, um dos melhores textos do jornalismo baiano e brasileiro. E isso fica demonstrado nesta obra, onde, romance e realidade se confundem, num retrato nu e cru, dos estragos causados à região pela vassoura-de-bruxa”.

Responsável pela revisão do livro, o presidente da Câmara Baiana do Livro, Aurélio Schommer, destaca que “os personagens são reais, as histórias são verossímeis, num texto sem floreios, em micro contos diretos, claros, objetivos, sem deixar de passar emoção, dramaticidade, com soluções de final muito boas”. Para Schommer, “na atual literatura baiana, é difícil encontrar a qualidade que Daniel Thame apresenta neste livro”.

O livro “Vassoura” será vendido por 15 reais e pode ser adquirido através do site www.vialiterarum.com.br ou dos telefones (73) 3212-6034 ou (73) 9981-7482.

TRECHO DO LIVRO

“Dias depois, estavam morando juntos, dividindo a mesma cama sob um teto cheio de buracos que, nas lindas noites de verão, podiam contemplar estrelas, distraídos.

A bruxa, que tantas vidas havia tragado, tantas tragédias pessoais e coletivas havia causado, abençoara aquele encontro mais do que improvável.

Virava, ainda que por linhas tortas, uma fada.

E eles que nunca tiveram nada, juntaram o pouco que agora tinham e foram felizes para sempre!”

Trecho de “Irmã Sol, Irmã Lua”, um dos contos do livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário