quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Preparando as rabanadas...

Hoje eu fiz as minhas suculentas rabanadas para a festa de amanhã. Essa é a minha incubência de todos os anos: preparar as rabanadas de natal...
É um trabalho sequenciado e bastante mecânico. Primeiro corta o pão, depois bate os ovos, mistura leite condensado, leite e baunilha num prato, açucar e canela em outro. Coloca óleo na frigideira, e aí começa: passa o pão no leite, depois nos ovos, joga na frigideira, deixa escorrer um pouco e depois coloca no açucar...
Essa sequencia é repetida várias vezes, até acabar o pão... o engraçado é que todos os anos, quando fico na cozinha fazendo esse trabalho, passa um filme na minha cabeça, com os momentos principais do período... e eu tenho também uns insights sobre o significado dos acontecimentos. Não é uma coisa muito detalhada, é só uma sensação de que as coisas estão bem ou de que precisam mudar. É como se eu estivesse visualizando cartas do tarô. A mente vai se desligando da tarefa automática e se voltando para os pensamentos...
Hoje, fazendo as rabanadas, senti tranquilidade. O ano não foi muito fácil para mim. Uma separação dificil, com episódios traumáticos. Mas eu superei bem e está tudo entrando nos eixos calmamente.
Vai ficar tudo bem em 2010... um ano de recomeços, sem grandes expectativas... basta um dia após o outro, em paz... foi isso o que as rabanadas me disseram esse ano... Ahhh, se quiserem mais detalhes sobre a receita, é só perguntar...

Um comentário:

  1. Me ensina a fazer isso? desde que soube que rabanada não leva rabanete (é, eu acahava que levava, e daí?) eu fiquei com vontade de comer!

    ResponderExcluir