domingo, 7 de março de 2010

No meio do nada...

Fico impressionada com a capacidade dos homens de transformar a paisagem. É claro que não é uma interferência impune. Sempre há consequências quando se altera o ambiente. Mas, de forma consciente e cuidadosa, é o preço do progresso, não é?

Ontem, fui fazer a matéria sobre a Eco Via Norte, a estrada que será aberta entre o Benedito Bentes e Guaxuma. Hoje é uma estrada de terra usada por sitiantes da região, motoristas de vans irregulares fugindo da fiscalização e bandidos que desovam carros e corpos.

Com a estrada, a prefeitura quer abrir uma nova área de expansão da cidade, além de facilitar o percusso entre o aeroporto e o litoral norte. Fiquei ali parada, olhando aquela extensão de terra, com pasto e nada além, a perder de vista, e imaginando como deve ficar em uns anos.

Primeiro uma estrada larga, valorizando o terreno por onde passa. Mais visibilidade para os conjuntos habitacionais populares que ficam esquecidos naquele canto. Depois que a estrada entrar no gosto da população e o movimento aumentar, devem surgir no caminho os loteamentos habitacionais, as pousadas, os restaurantes...

A essa hora, os empreendedores já estão comprando os terrenos com preços mais baixos, para especular. Segundo o secretário do Planejamento, Márzio Delmoni, a obra deve começar ainda este mês. Deve ser concluida em um ano e meio, por aí. E não será preciso indenizar os proprietários das áreas desapropriadas, já que ele vão ganhar e muito com a via.

Como moradora da parte alta da cidade, estou gostando de acompanhar o crescimento dessa região: o shopping, as fábricas, os loteamentos e conjuntos habitacionais. Ahh, e aproveitando, conferimos a obra do aterro sanitário. Está caminhando... em breve poderemos nos livrar daquela montanha de lixo que cresce em Jacarecica e se projeta ousadamente acima de todas as outras elevações.

foto: ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário