quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Em agradecimento à uma gentileza


A vida é assim, cheia de tropeços, aridez, brutalidade... mas basta um ato de simples gentileza, para mudar o panorama do dia, espantar as nuvens, trazer o sol de volta...

A humanidade é assim, capaz de brutalidades terríveis, de se afastar da própria racionalidade e manifestar instintos que nem os animais revelam. Mas basta uma atitude sensível para renovar a fé nos homens e sinalizar que ainda existem e sempre existirão as pessoas confiáveis e naturalmente bondosas...

Pelo menos para quem, como eu, tende mais a acreditar do que se entregar ao ceticismo, tende mais a ter esperança do que a mergulhar na amargura, e, por isso, se alimenta de cada pequeno gesto de bondade, solidariedade, carinho, para seguir em frente...

Por isso, como os orientais sabem fazer, vale a pena agradecer muitas vezes, dizer muitos arigatos, muitos obrigados, para atrair mais alegria para essa vida... e às vezes, basta apenas um toque... um sorriso... um abraço...

E, por que não? Uma rosa e uma caixa de bombons...

2 comentários:

  1. Noooooooooooooooooooooooooooooooooooossa o texto mais lindo que eu ja li! Sempre com belas e misteriosas palavras... Mas é como diz o comercial... para quem bem entende meias palavras bastam...

    bjos

    ResponderExcluir